Clicky

“Rompendo o Silêncio do Autismo: O Impacto Devastador do Diagnóstico nos Corações dos Pais”

O diagnóstico de autismo em um filho é um momento desafiador e emocional para os pais. A psicóloga Matilde Possamai, com ampla experiência no atendimento a crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA), destaca que o impacto do diagnóstico nos pais é enorme. A incerteza em relação ao futuro de seus filhos e a dificuldade em lidar com as características do autismo podem gerar sentimentos de angústia e insegurança.

Muitos pais têm que lidar com expectativas frustradas, uma vez que as manifestações do autismo podem variar significativamente de uma criança para outra. Dificuldades de contato visual, repetição de palavras e ações, impulsividade e outras características podem dificultar o processo de apoio à criança e comprometer seu desenvolvimento.

É importante ressaltar que muitas crianças com autismo têm inteligência normal ou superior, mas enfrentam dificuldades em organizar as informações. Cada criança é única, e os pais precisam ser orientados quanto aos diferentes graus do autismo, bem como compreender a importância de buscar informações com profissionais especializados em TEA.

O tratamento adequado, realizado por profissionais de saúde e educação capacitados, faz toda a diferença no desenvolvimento da criança com autismo. Entretanto, é fundamental compreender que a relação entre pais/família e autismo também tem um grande impacto tanto no paciente quanto nas pessoas próximas.

A psicóloga Matilde Possamai ressalta a importância de estabelecer um diálogo positivo entre pais e profissionais, o que ajuda a entender melhor o que acontece com a criança e como lidar com os sintomas e dificuldades durante o tratamento. Além disso, adaptar a rotina familiar às necessidades específicas da criança com autismo é essencial para o sucesso do processo.

Nesse contexto, a formação de uma equipe multidisciplinar se mostra fundamental para oferecer um suporte abrangente e efetivo. A psicóloga ABA, a fonoaudióloga, a terapeuta ocupacional, a ecoterapia, os professores e a família devem trabalhar em conjunto para proporcionar a melhor intervenção possível. Sem a parceria entre esses diversos profissionais, as metas estabelecidas dificilmente serão atingidas.

A psicóloga Matilde Possamai, com registro no CRP-12/16480, enfatiza a importância da intervenção multidisciplinar, trazendo sua expertise como neuropsicóloga para contribuir positivamente no tratamento de crianças com autismo.

Portanto, é fundamental que os pais busquem informações e apoio de profissionais especializados em TEA, estabelecendo uma parceria ativa com a equipe multidisciplinar. Com o tratamento adequado e o suporte da família, é possível proporcionar uma qualidade de vida melhor para as crianças com autismo, permitindo que elas alcancem seu máximo potencial e se desenvolvam plenamente em suas habilidades únicas. A compreensão, o carinho e o apoio dos pais são fundamentais para o sucesso desse processo e para o bem-estar de toda a família.

Por Matilde Possamai

2 respostas

  1. O diagnóstico do autismo para saber entender o paciente e ajudar os pais a compreender e ajudar na evolução do filho é muito importante. Parabéns!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar...

Categorias

0
YOUR CART
  • No products in the cart.